José Ramalho campeão europeu em canoagem pela quinta vez

O canoísta José Ramalho sagrou-se este sábado penta campeão da Europa de maratonas K1. “Ser campeão da Europa pela quinta vez, a quarta consecutiva, é fantástico, ainda por cima em Portugal. Muito bom”, disse à agência Lusa, momentos depois de vencer, ao sprint, uma longa prova de 29,8 quilómetros no Rio Lima, em Ponte de Lima, batendo de longe o ‘sprint’ de 400 metros o húngaro Adrián Boros por 0,95 segundos e o francês Quentin Urban por 2,10, conseguindo assim igualar o ‘ídolo’ das maratonas, o espanhol Manuel Busto, que era, até à data, recordista em solitário com cinco títulos europeus.

José Ramalho, de 34 anos, foi campeão da Europa em 2011, 2014, 2015 e 2016, sendo ainda ‘vice’ em 2009 e 2013: em mundiais, foi prata em 2012 e bronze em 2009, 2014 e 2016. De momento prefere forcar-se nos Mundiais de Setembro, na África do Sul, onde procura um título inédito.

“Como é óbvio, seria o meu objetivo. Mas luto contra a probabilidade, pois já ganhei cinco vezes. A probabilidade de perder é maior. Não estou preocupado com isso neste momento. Agora é o Campeonato do Mundo e logo se vê”.

O sprint final começou a uns 400 metros da meta, num grupo que se manteve relativamente grande até esse ponto. O canoísta defendeu que sair da derradeira portagem na frente o dispensou de “subir a onda de outro adversário e ir contra o vento”, dificuldades muitas vezes difíceis de ultrapassar. Contudo graças à sua perseverança e à força do público conseguiu: “Estava bastante focado. Tal como na volta pequena em que não ouvia nada nem ninguém. Só via a meta. Só no final percebi que havia muita gente de pé a aplaudir.”

Anúncios