Espanhola Gas Natural Fenosa estuda fusão com a EDP

Segundo a agência Reuters a empresa espanhola Gas Natural já abordou a elétrica portuguesa com a possibilidade de criar uma fusão que viria a criar o quarto maior grupo europeu de gás e energia.

O acordo, avaliado em cerca de 35 mil milhões de euros, faria com que o gigante energético fizesse frente à Engie e EDF (francesas), à Enel (italiana) e à Iberdrola (espanhola), criando ainda uma forte aliança entre a produção termoelétrica a partir de gás ou carvão, por parte da Gas Natural, e os contínuos avanços em energias renováveis por parte da EDP.

Desta forma a empresa espanhola reforçaria a sua presença no mercado americano e nas energias renováveis, enquanto que a empresa portuguesa diversificaria a sua carteira de ativos e de mercados.

Esta proposta surge aquando da oferta pública de aquisição sobre a EDP Renováveis, tendo em vista obter total controlo sobre as suas energias limpas, e, simultaneamente, durante a operação de venda de ativos de distribuição de gás natural em Espanha.