A 79ª edição da Volta a Portugal começa em Lisboa e termina em Viseu

O interior do Alentejo vai regressar este ano ao percurso da Volta a Portugal em bicicleta, na estrada entre 04 e 15 de agosto, com o início da segunda etapa em Reguengos de Monsaraz.

Em declarações à Agência Lusa, o presidente da Câmara de Reguengos de Monsaraz, José Calixto, congratulou-se pelo regresso da Volta a Portugal ao interior do Alentejo, considerando que a região não podia perder a oportunidade de receber uma etapa da prova.

Mostrou-se importante trazer um evento de dimensão internacional, o maior do ciclismo português, a terras que queremos promover como a Capital dos Vinhos de Portugal, aproveitando também a promoção e divulgação do território português, como foi realçado por José Calixto.

Numa cada vez maior proximidade entre o público e a modalidade, uma vez que nesta prova e no ciclismo (mais do que em qualquer outra modalidade) há uma proximidade física única inerente à identidade da prova, fazendo com que esta cresça e evolua todos os anos.

Relativamente à extensão geográfica da prova – que tem minimizado ao longo dos anos, Delmino Pereira, presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo (FPC), afirma que grande parte do problema são os custos organizativos que a maioria dos municípios não consegue arcar, pelo que tem de se encontrar um equilíbrio entre todos e as possibilidades de cada um deles.

Esta 79.ª edição da Volta a Portugal em bicicleta, que vem assinalar os 90 anos da competição, parte de Lisboa e termina em Viseu.